sábado, 6 de junho de 2009

BUUUUUUU




"A inteligência é o único meio que possuímos para dominar os nossos instintos." Freud
Acredito nada ainda ter comentado sobre espiritismo. Na verdade, tenho também em meu círculo de amigos alguns espíritas. Alguns talvez se ofendam depois de meu parecer sobre o assunto, outros até poderão pensar que tenho um encosto qualquer, mas já aviso que os meus próximos dois gatos serão batizados de: Encosto e Mau Olhado.
Alan Kardec talvez seja o principal representante e inventor do espiritismo, e tentou fazer com que suas fantasias se mostrassem de forma “lógica e racional”, tentando explicar o sobrenatural, que ainda assim permanece graças à nossa ignorância científica e limitações tecnológicas, tentando se mostrar superior sem nenhuma modéstia, tentou criar explicações “sensatas” para fenômenos que deveriam ser tratados com antidepressivos.
O Espiritismo se julga uma ciência, apesar de não passar de crença e mito sem fundamentação real ou válida. Ainda assim, tenta tratar da natureza e daquilo que ainda não compreendemos como real e espiritual, separando as relações humanas carnais de outras.
Joana D’Arc foi queimada na fogueira por ter errado. Ela recebia e transmitia forças espirituais até ter falhado e perdido a importância. Da mesma forma, durante muitos anos, relíquias foram usadas em guerras para dar maior força ao lado que as possuía, e qualquer que seja a religião ou a fé, quando levadas às últimas consequências, realmente devemos pensar em tratar de loucura ou no mínimo, de uma imaginação um tanto fértil que merece tratamento.
Na obra Os Mísseis Desgovernados da Religião, O biólogo Richard Dawkins nos diz: “Não há dúvida de que o cérebro suicida e obcecado pela vida após a morte é uma arma poderosa e perigosíssima”. É pouco provável que as religiões venham a abrir mão de uma arma formidável como essa em nome de simples, meras constatações científicas.(…)”

“(…) a noção da imortalidade da alma é a base de muitas das religiões mais populares do mundo. A idéia da morte após uma vida breve num mundo repleto de injustiças, violência, miséria e desgraças desigualmente distribuídas, parece ser bastante angustiante para a maioria das pessoas. Sem a doutrina da vida após a morte, em que haveria a vida eterna e em que os bons seriam recompensados e os maus punidos, dificilmente as religiões conseguiriam ser tão influentes sobre seus adeptos como o são hoje e sempre foram.”

James Randhi é um tipo de excêntrico milionário e dono de um instituto nos EUA e oferece US$ 1.000.000,00 para qualquer um que consiga demonstrar o sobrenatural, poderes, desde que comprovados em exames. Curioso observar que até hoje nada disso aconteceu. Claro, os Espíritas e religiosos em geral possuem desculpas para não ser possível, mas nenhuma é convincente o suficiente.
Um dos mais comuns é dizer que espíritos não estão aqui para nos mostrar coisas ou trazer benefícios. Mas é interessante que muitos “médiuns” digam, que estão aqui exatamente para ajudar espíritos... bem, falácias à parte, são apenas falácias.
E como age um dito “médium” quando seu conselho é péssimo e prejudica alguem? Ah, simples, havia algo de predestinado e o outro tinha que passar por aquela prova. Pois é, não há liberdade, tudo é predestinado, ninguém é livre e ninguém tem escolhas. Se é assim, para o que serve toda esta balela de espiritismo mesmo?
Toda e qualquer religião lida com crença, com fé. O que é variante está apenas no nível de insanidade e fanatismo, geralmente vinculado aos líderes que interpretam conforme o seu próprio desejo aquilo que está escrito. Nietzsche já dizia que o sacerdote que acredita ser aquele que detém a autoridade e é o competente para tratar de leis divinas, é uma das piores criaturas que pode existir na terra.
Segundo Freud, a religião é comparável a uma neurose da infância.
Se pensarmos com seriedade, a resposta a questões sérias de caráter religioso, dadas por qualquer religião, surgem de meios e períodos obscuros, onde a ciência era pouco desenvolvida, não existia ou era proibida, onde a racionalidade não existia e o mito era verdade.
Os céticos são ainda minoria e o senso comum o que predomina. Há mais acesso a assuntos metafísicos (no pior sentido da palavra), como astrologia e outros tantos, Paulo Coelho é mais lido que qualquer filósofo que já existiu ou existe (sendo este deísta ou ateu), e a sociedade continua sendo controlada por elites que entre outros instrumentos de controle usam também a religião.
Talvez neste momento você esteja de saco cheio de meus “ataques”, e esteja até pensando que perdi minha sensibilidade em algum lugar. Não é o caso. Observe que o uso de crenças e religiões tem um objetivo não espiritual, que sua felicidade está em suas opções, pois você nasce livre e o mundo precisa de atitudes, e que a paixão da religião é alienante e sempre visa o controle, o que acontece pela exploração da fé.
Talvez a ciência não lhe possa dar todas as respostas, talvez isso jamais aconteça, mas também não lhe trará dogmas e não lhe dirá que você deve acreditar em absurdos. Você não terá que rezar, temer a um deus que irá te rachar com um raio, sentir culpa por fazer algo que gosta e não prejudica ninguém, enfim, não irá lhe dizer que você queimará no inferno por não acreditar em coisas absurdas.
"Seria muito simpático que existisse Deus, que tivesse criado o mundo e fosse uma benevolente providência; que existissem um ordem moral no Universo e uma vida futura; mas é um fato muito surpreendente que tudo isto seja exatamente o que nós nos sentimos obrigados a desejar que exista." Sigmund Freud
Tadziu

Um comentário:

Di disse...

Satisfaço ao ler coisas desse tipo
"Talvez a ciência não lhe possa dar todas as respostas, talvez isso jamais aconteça, mas também não lhe trará dogmas e não lhe dirá que você deve acreditar em absurdos. Você não terá que rezar, temer a um deus que irá te rachar com um raio, sentir culpa por fazer algo que gosta e não prejudica ninguém, enfim, não irá lhe dizer que você queimará no inferno por não acreditar em coisas absurdas."
Porque sinto-me livre e inteligente!
George Carlin adoraria participar deste blog!